terça-feira, 29 de maio de 2012

O que andou fazendo o Serapião??????

Amigos,

Depois de todo esse tempo e, após receber emails diversos que relataram ter acessado o blog em busca de artigos sobre cutelaria, resolvi dar uma olhada.... Nesse tempo todo, sem poder me dedicar a escrever sobre uma das minhas paixões, a Cutelaria, fiquei surpreso em ver que o número de seguidores aumentou muito desde a última postagem. Isto me fez ver que o tema CUTELARIA DE EXCELÊNCIA, tem relevância bem como uma grande procura. Portanto, daqui pra frente, me esforçarei pra postar uma ou duas "matérias" por mês. Com temas pertinentes aos meus trabalhos como sempre tenho feito desde o início.

Mas, afinal, o que andei fazendo que não tive tempo pra postar no meu próprio blog???? 

Logo de início, digo que não foi por desatenção aos amigos que se dignaram a me visitar aki!!! Ao contrário!!!
Atualmente, pra todos aqueles que se engajam em qualquer atividade que seja, o tempo é artigo de luxo. A "modernidade" nos cobra um alto preço. Aumentam as expectativas, as necessidades e os afazeres. E o tempo, simplesmente, NÃO RENDE!!! Sem falar que, quando se dispõe de pouco tempo, como é o meu caso, as prioridades vão sendo eleitas pelas circunstâncias... Minha jordada de trabalho (somadas as horas da polícia e cutelaria) beira as 18 h diárias...  kkkkkk eu sei!!! Dormir é luxo!!!!

Durante todo este período, andei tentando evoluir na Arte, através de estudo, aquisição de novas ferramentas e máquinas além de não desperdiçar nenhuma ocasião pra adquirir novos conhecimentos.

No quesito EQUIPAMENTOS (sem ordem cronológica...) foram adquiridos ou produzidos vários itens:

Lixadeira estilo KMG produzida pelo Leonardo Fontes e Emilcio Cardoso de S. Paulo -  1a lixadeira especificamente produzida pra cutelaria. Adquirida ao longo do ano passado. Uma das melhores máquinas (senão a melhor) do gênero produzida no Brasil. Extremamente robusta (quase 100 kg) e disponível com opcionais como o "carrocel", "braço" para rolete de integrais e roda de contato pra desbaste hollow, feitos com a mesma qualidade e precisão da máquina. Recomendo!!!!


HOJE, após ter sido usada INTENSIVAMENTE, continua totalmente funcional. Ressalvando-se que todo equipamento deste tipo requer atenção e manutenção dos componentes móveis (roletes, eixos e rolamentos), além do motor, no tempo certo. 



Os autores da obra, Emilcio e Leonardo que foram, inclusive, premiados como Destaque da Feira no Salão de Cutelaria de São Paulo me 2011
 
Furadeira/Fresadora - Máquina usada para operações de furação e fresagem. Esta é um modelo extremamente confiável, já usado e testado por diversos cuteleiros no Brasil. Foi adquirida na Vitor & Buono de São Paulo. É adequada pra trabalhos em aço, contudo, não pra trabalhos excessivamente pesados como os usualmente feitos na indústria de metal/mecânica. Pesa cerca de 270 kg.
 Vale dizer, aos amigos que não conhecem ou já usaram este equipamento, que a fresadora "standart" requer que se adquiram acessórios como uma MORSA DE PRECISÃO:

Um "PORTA-PINÇA" que é um aprimoramento do mandril convecional. É projetado pra fixar adequandamente a fresa que vai usinar o material propriamente dito.


Sem esses componentes, a Fresadora não produzirá o total de seu potencial.  Então, é bom considerar os custos desses acessórios (que não são desprezíveis) ao cogitar a compra de uma furadeira/fresadora seja ela qual for.

"NOVA FORJA" - O uso intensivo da forja, assim como o aprendizado com Cuteleiros bem mais experientes que eu, como os Mestres Ricardo Vilar, Rodrigo Sfredo, Gustavo Vilar, Eduardo Berardo, bem como demais colegas, nos levam a repensar conceitos e procurar aprimorar os equipamentos da oficina. Destes, a forja é, por excelência, o Coração da ativida. A minha foi  totalmente remodelada.


De modo a poder, ocasionalmente, ser desmontada rapidamente bem como propiciar um isolamento térmico mais eficaz. Eu  uso manta refratária com uma base de tijolo refratário:






Oriento os amigos, que a forja à gás é um equipamento essencial mas requer uma grande atenção pelo potencial de dano que contêm. Escolher mangueiras adequadas, vistoriar os componentes, manter um extintor de incêndio na área e, se possível, usar um regulador de GLP de maçarico na saída do botijão. Este acessório propicia uma maior segurança além de permitir uma regulagem da pressão de saída o que pode evitar que a entrada de gás na forja congele com a passagem acelarada do gás.



Mais recetemente, adquiri uma nova lixadeira pra dividir os esforços com a lixadeira clone da KMG americana. O máquina escolhida, desta vez, foi o modelo "New Daf". Também baseada no modelo KMG esta máquina é mais leve que a minha primeiro, porém, totalmente funcional. É a escolha ideal se for necessário levar equipamento pra outro local, p. ex.. É facilmente transportável e vem equipada com motor de 1,5 cv, inversor de frequência da Provolt, mesa de flat e roda de hollow de 8". Em suma, um pacote completo e ótima opção. Recomendo!!!



Uma ao lado da outra:

A esta altura é necessário dizer que todos os materiais da minha oficina fora adquiridos com muito trabalho, suor e reinvestimento do capital oriundo da venda das minhas peças. Não tenho patrocinador que não eu mesmo. Todo o aprendizado, melhoria técnica e condições de produção melhores que obtive são dedicados aos clientes e amigos que apreciam meu trabalho!!! Em todo ramo deatividade é necessário investir em cursos, materiais e equipamentos. Em cutelaria de excelência não é diferente!!! Sempre estamos procurando novos equipamentos ou novos conhecimentos que nos possibilitem expressar melhor a nossa arte.


Ao longo de 2011 para 2012, pode-se verificar um crescimento das atividades ligadas à cutelaria custom no Brasil. Tal crescimento é devido, principalmente ao empenho de cuteleiros e demais profissionais ligados à área. A internet tem uma grande parcela de contribuição quando se pensa em divulgação. Entretanto, graças a iniciativa e denodo pessoal de um Cuteleiro chamado Gerson Bragagnoli de Campina Grande-PB foi inaugurada em Outubro de 2011 uma Nova Escola de Cutelaria no Brasil. A 2a do gênero dentro de uma Universidade Federal e que fornece cursos de extensão. Isso, é um marco extremamente relevante. Tive a felicidade estar presente na ocasião juntamente com personalidades conhecidas no mundo da Cutelaria, como Silvana Mouzinho (cuteleira e promoter do Salão de Cutelaria de SP), seu marido Paulo Mouzinho (Conhecedor e Colecionador), Ricardo Vilar (professor do Curso) além de Gerson Bragagnoli, alunos e demais expectadores. Foi um evento Memorável!!!!

Em 2011 ocorreu também o, já consagrado, Salão de Cutelaria de São Paulo http://www.salaopaulistadecutelaria.com.br/, promovido pela Cuteleira Silvana Mouzinho com o Apoio da SBC (Sociedade Brasileira dos Cuteleiros). Este evento foi, como de costume, uma festa da Cutelaria Nacional. Imperdível pra quem aprecia a boa cutelaria. Pela grandiosidade do evento, merece um post só seu. Neste ano, pretendo escrever detalhadamente sobre a Edição 2012, oportunamente. Já estou com o lugar reservado!!! Recomendo a todos!!!!



Como disse anteriormente, a evolução da Cutelaria Nacional se deve, em boa medida, pelas iniciativas e pessoas empreendedoras que, por suas habilidades, conseguiram colaborar com o segmento de diversas maneiras. Uma delas é a produção de equipamentos de ponta voltados pra cutelaria. Itens como guias de lima, lixadeiras de cutelaria e até fornos de têmpera passaram a ser produzidos visando a demanda oferecida pelo mercado de cutelaria no Brasil.

 
Guia de Lima produzido pelo Ricardo Vilar


Guia de Lima com superfície de Widia  produzido por Emício Cardoso
Forno de têmpera com controle digital de temperatura feito pra têmperas de peças longas. Possibilita usar apenas a metade da área interna. Produzido por Emílcio Cardoso.

Sempre que me é possivel adquiro os bons equipamentos do gênero que se tornam disponíveis. Não adquiri, ainda, este forno mas o farei quando a ocasião for propícia.Os demais guias de lima tenho, uso e recomendo.



O MOMENTO ATUAL DA CUTELARIA NACIONAL é singular!!!!

Se, em 2011, contamos com o, já consagrado, Salão de Cutelaria de São Paulo da Silvana Mouzinho, em 2012 poderemos participar de TRÊS grandes Eventos de Cutelaria no Brasil.

Estamos nos preparando para a 1a Mostra de Cutelaria Internacional promovido pelo promoter Roger Glasser de São Paulo

ao qual acorrerão, além dos renomados Mestres da Cutelaria Nacional, como Rodrigo Sfredo, Ricardo Vilar, Eduardo Berardo, Jacinto Melo e outros, o Famoso Cuteleiro Norte-Americano, Jerry Fisk, que virá ao Brasil especialmente para participar deste evento trazendo, inclusive, peças inéditas como esta Bowie da capa, batizada de "Path of tears"... ESTAREMOS LÁ!!!!





Logo em seguida, ocorrerá em Sorocaba a 1ª F.A.C.A.S – Feira Anual de Cutelaria Artesanal de Sorocaba.



"Nas festividades em comemoração ao aniversário de Sorocaba, mais precisamente nos dias 4 e 5 de agosto de 2012, estaremos promovendo um grande evento de cutelaria e artes ligadas ao tropeirismo e para tal convidamos os amigos.

O evento será realizado nas dependências do Instituto Humberto de Campos, entidade com salão de aproximadamente 900 m2, com local para a exposição, lanchonete, restaurante, sanitários e estacionamento para 350/400 veículos, todo asfaltado, interno e com segurança total." - Palavras do Promoter do Evento, o cuteleiro Edson Viana  de Sorocaba - ESTAREMOS LÁ!!!!

E, por fim, a Edição 2012 do Salão de Cutelaria de São Paulo. Este será o meu 4o ano consecutivo:




Este evento já está consagrado no Brasil e é imperdível!!! Não há melhor oportunidade de ver e aprender sobre cutelaria de excelência do que visitando uma Feira deste porte. RECOMENDO COM EMPENHO!!!


BEM.....

AGORA QUE JÁ ABUSEI DA PACIÊNCIA DOS INTRÉPIDOS QUE LERAM ATÉ AKI, CABE A PERGUNTA.... "MAS SÓ MÁQUINAS, ESTUDOS, CONSIDERAÇÕES SOBRE O MOMENTO DA CUTELARIA NACIONAL??? E AS FACAS????


Meus amigos, toda a informação, máquinas, materiais e equipamentos que se possa ter, de nada valem sem a materialização da criação. Cutelaria se faz em OFICINA!!! Exorto os colegas que pretendem se iniciar no mundo da cutelaria AO MOVIMENTO. Iniciem os trabalhos que desejarem que os obstáculos serão removidos na medida da sua força de vontade e ONDE HÁ VONTADE HÁ SEMPRE UM JEITO.

Por já ter tomado muito do tempo de vocês, encerro esta postagem de "reativação" com algumas fotos de peças que produzi enquanto estava fora do mundo "bloguista". Tentei aproveitar o meu tempo da melhor maneira possível.
























































Por hoje é só, pessoal!!!

Espero ter feito valer a pena a sua visita!!!

Obrigado por virem e voltem sempre!!!



7 comentários:

  1. É isso aí Serapa, voltando ao Blog em grande estilo!!!

    Sucesso e as minhas saudações afiadas!!!

    ResponderExcluir
  2. Milvo Bertoni SP30 de maio de 2012 13:54

    muito a materia deste blog valeu Serapião

    um abraço de aço a voce meu Amigo

    ResponderExcluir
  3. Serapiao
    Muito bom relato... Siga mostrando.

    Hilton

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Serapião, muito lindas as facas, é de babar, sou fã do seu trabalho e ainda vou comprar uma obra de arte destas!
    Abraços,
    Newton

    ResponderExcluir
  5. É isso aí Serapa, show de oficina e de trabalho!

    Ano que vem vamos ver se dá pra eu encomendar um tomahawk daqueles.

    Abração!

    ResponderExcluir
  6. Sensacional o seu trabalho. Gosto de facas, mas longe de ser profundo conhecedor. Talvez, entusiasta seria a palavra.
    Mas estou em busca de uma adaga e um punhal nordestino, nada muito grande. Em torno de no máximo 10". E gostaria de saber onde encontro um portifólio seu, caso aceite encomendas.
    Abraço forte e parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leandro,

      Obrigado pelo comentário. Sim. Eu aceito encomendas e tenho algum conhecimento sobre facas de ponta (nordestinas) tenho alguns álbuns mas, se possível, me escreva um email pra lcaserapiao@gmail.com que passarei os links dos meus álbuns ou mesmo fotos de algumas facas de ponta.
      Não pude escrever direto pra vc pois recebi apenas a comunicação automática do blog. Aguardo.

      Excluir